TRATAMENTO DO CERATOCONE E ECTASIAS DE CÓRNEA

 

O que é o Cross Linking de Córnea?

O Cross Linking de Córnea é o mais recente método utilizado para o tratamento do Ceratocone e Ectasias de córnea no qual através do uso de uma substancia natural chamada Riboflavina (vitamina B2) que, associada à luz Ultravioleta A de 370 µm, cria novas ligações entre as moléculas de colágeno da córnea, aumentando sua resistência e rigidez.

Quais as indicações do Cross Linking?

O Cross Linking vem se tornando uma opção terapêutica bem menos agressiva que o anel de Ferrara e o transplante de córnea e, o que é fundamental, potencialmente capaz de controlar a progressão do ceratocone e de ectasias corneanas pós-cirúrgicas, justamente por agir no mecanismo fisiopatológico da doença, endurecendo a córnea.

Como é realizada a cirurgia do Cross Linking?

O procedimento é realizado dentro de uma unidade cirúrgica com o paciente deitado ou reclinado sob anestesia tópica com colírio anestésico.
A epitélio da córnea é retirada através de um processo de raspagem com um instrumento especial e gotas de colírio de Riboflavina a 0.1% (vitamina B12) é aplicado em sua superfície de 5/5 minutos várias vezes até que a córnea esteja totalmente impregnada por ele.
O colírio de Riboflavina 0.1% tem uma cor amarela e após um período de 30 minutos, o paciente é examinado em um microscópio especial (biomicroscópio) com a finalidade de se assegurar que o medicamento foi realmente absorvido pelo tecido corneano.
A seguir, o paciente é colocado deitado sob um microscópio cirúrgico, tendo as pálpebras imobilizadas por um afastador especial e a seguir, após a calibração do aparelho que emite a radiação Ultravioleta A de 370 µm é aplicada sobre a superfície embebida pela Riboflavina por cerca de 30 minutos.
O pigmento amarelo da Riboflavina absorve a luz Ultravioleta A.
A seguir é colocada uma lente de contacto que será retirada após 3-4 dias após a cicatrização do epitélio corneano.

Quanto tempo leva para que o procedimento tenha o efeito pretendido?

A córnea, através do Cross Linking, tem sua resistência e rigidez aumentada tão logo termina a aplicação da luz ultravioleta e esta resistência se acentua ainda por alguns dias após o término do procedimento.
Como resultado final a progressão do ceratocone ou a evolução da ectasia corneana é interrompida.