Catarata

O que é

A catarata é uma turvação da lente normalmente clara do olho, conhecida como cristalino. Para as pessoas que têm catarata, ver através de lentes turvas é um pouco como olhar através de uma janela embaçada. A visão turva causada pela doença pode dificultar a leitura, a dirigir um carro (especialmente à noite) ou enxergar a expressão no rosto de uma outra pessoa. A maioria das cataratas se desenvolvem lentamente e não perturba sua visão no início. Mas com o tempo a doença acabará interferindo a visão.


No início, iluminação e óculos mais fortes podem ajudar a lidar com a catarata. Mas se a visão prejudicada interfere nas atividades habituais, pode ser necessário uma intervenção cirúrgica. Felizmente, geralmente é um procedimento seguro e eficaz. Sinais e sintomas de catarata incluem: 

 

  • Visão nublada, turva ou fraca;

  • Dificuldade crescente com visão à noite;

  • Sensibilidade à luz e brilho;

  • Necessidade de luz mais brilhante para leitura e outras atividades;

  • Ver  "halos" ao redor das luzes;

  • Alterações frequentes na prescrição de óculos ou lentes de contato;

  • Desbotamento ou amarelecimento das cores;

  • Visão dupla em um único olho.

 
Causas


A maioria das cataratas se desenvolve quando o envelhecimento ou lesão altera o tecido que compõe a lente do olho (cristalino). Alguns distúrbios genéticos hereditários que causam outros problemas de saúde podem aumentar o risco de catarata.


A doença também pode surgir por outros problemas oculares, como consequência de cirurgia ocular passada ou por condições médicas, como diabetes, hipertensão, cardiopatias, doenças autoimunes e glaucoma. O uso prolongado de medicamentos esteroides também pode causar o desenvolvimento de catarata.

 
Como uma catarata se forma


A lente, onde a catarata se forma, é posicionada atrás da parte colorida do olho (íris). Ela focaliza a luz que passa pelo olho, produzindo imagens nítidas e claras na retina - a membrana sensível à luz no olho que funciona como o filme em uma câmera.

À medida que envelhece, as lentes dos olhos ficam menos flexíveis, menos transparentes e mais grossas. Condições relacionadas à idade e outras condições médicas fazem com que tecidos dentro da lente se quebrem e se misturem, obscurecendo pequenas áreas em seu interior.


Como a catarata continua a se desenvolver, a turvação se torna mais densa e envolve uma parte maior da lente. Uma catarata dispersa e bloqueia a luz quando passa pela lente, impedindo que uma imagem nitidamente definida atinja sua retina. Como resultado, a visão fica embaçada.


A catarata geralmente se desenvolve em ambos os olhos, mas não uniformemente. A doença em um olho pode estar mais avançada que a outra, causando uma diferença de visão entre os olhos.

 
Tratamento


A única maneira de remover uma catarata é com cirurgia. O procedimento será recomendado quando a catarata impedir que o paciente faça as coisas que deseja ou precisa fazer.


Durante a cirurgia de catarata, a lente natural turva é removida e substituída por uma artificial transparente. Essa lente é chamada de lente intraocular (LIO). Seu oftalmologista conversará com você sobre as LIOs e como elas funcionam.


 

Antes da cirurgia


Antes da cirurgia, o oftalmologista mede o olho para definir o poder de foco adequado para o procedimento LIO. Além disso, o paciente será investigado sobre quaisquer medicamentos que usados por ele, já que alguns medicamentos podem ser vetados pelo oftalmologista.  Antes do procedimento, o médico pode receitar alguns medicamentos que ajudam a prevenir infecções e reduzem o inchaço durante e após a cirurgia. 


Para o procedimento, o paciente será anestesiado com colírios ou com uma injeção ao redor do olho. Também podem ser administrados remédios para ajudar no relaxamento. A cirurgia é feita com o paciente acordado, porém não é possível que ele veja o que o médico está fazendo nos olhos. 


O cirurgião entrará no olho através de minúsculas incisões (cortes, criadas pelo laser ou uma lâmina) perto da borda da córnea (a cobertura transparente na frente do olho). O cirurgião usa essas incisões para alcançar a lente do olho. Usando instrumentos muito pequenos, ele ou ela vai quebrar a lente com a catarata e removê-lo. Então a nova lente é inserida no lugar.


Normalmente, o  cirurgião não precisará costurar as incisões fechadas. Essas incisões de "auto-vedação" irão fechar  sozinhas ao longo do tempo. Um escudo será colocado sobre o olho para protegê-lo enquanto acontece a recuperação da cirurgia.


Depois de ficar entre 15 a 30 minutos na  área de recuperação, o paciente estará pronto para ir para casa.


 

Dias ou semanas após a cirurgia


Após a cirurgia, o paciente terá que usar um colírio específico.  Além disso, outras orientações precisarão ser seguidas, como: 

 

  • Evitar sabão ou água diretamente nos olhos;

  • Não esfregar ou pressione o olho.  O oftalmologista pode pedir o uso de óculos ou um escudo para proteger os olhos;

  • Usar um protetor ocular quando estiver dormindo.

  • Além disso, o oftalmologista vai falar  o quão ativo o paciente poderá ser logo após a cirurgia. Ele ou ela dirá quando será possível fazer exercícios com segurança, dirigir e outras atividades novamente.

  • Quais são os riscos da cirurgia de catarata?

  • Como qualquer cirurgia, a cirurgia de catarata traz riscos de problemas ou complicações. Aqui estão alguns desses riscos:

  • Infecção ocular;

  • Sangrando no olho;

  • Inchaço contínuo da parte frontal do olho ou dentro do olho;

  • Inchaço da retina (a camada nervosa na parte de trás do olho);

  • Retina isolada (quando a retina se ergue da parte de trás do olho);

  • Danos para outras partes do seu olho;

  • Dor que não melhora com o medicamento de venda livre;

  • Perda de visão;

  • O implante da LIO pode se deslocar, saindo da posição.

Marque uma consulta para um exame oftalmológico se notar alguma alteração na sua visão. Se você desenvolver alterações súbitas da visão, como visão dupla ou flashes de luz, dor ocular súbita ou dor de cabeça súbita, consulte seu médico imediatamente.

CIRURGIA REFRATIVA

O que é, quem pode fazer e como funciona

[e-book]
GUIA COMPLETO SOBRE GLAUCOMA

O que é, quais são os sintomas, como é o diagnóstico e tratamento

[e-book]
GUIA COMPLETO SOBRE CATARATA

Quais são os tipos, sintomas, fatores de risco e como é a cirurgia de remoção

[e-book]
Banner site.png
Central de Atendimento
para agendamento de consultas ou exames
(11) 3777-6788
São Paulo - SP
Responsável:
Dr. Caio Vinicius Saito Regatieri
CRM SP-115505
Dúvidas ou sugestões? Entre em contato.
(Para agendamento de consultas ou exames use a Central de Atendimento)
Siga nossas redes sociais
  • Grey Instagram Ícone
  • Facebook
  • Twitter
  • YouTube
  • Google+