Conheça os tipos de catarata mais comuns

August 27, 2018

 

 

A catarata é a doença ocular que mais causa cegueira no mundo - cerca de 47% dos casos. O distúrbio afeta o cristalino, deixando-o opaco. Essa estrutura é a responsável por formar a imagem, nos fazendo enxergar. Com a opacidade do cristalino vamos perdendo, aos poucos, a capacidade de ver o mundo. A catarata tem evolução lenta e gradual até que a visão seja danificada permanentemente. A doença pode surgir por várias razões e por isso listamos os principais tipos de catarata.

 

Boa leitura.

 

1 - Relacionada à idade: um dos tipos de catarata mais comuns no mundo

 

A catarata senil é o tipo mais comum da doença. Ela está relacionada à idade e normalmente começa a surgir após os 60 anos. Esse tipo da doença geralmente afeta os dois olhos na mesma proporção. Assim como a nossa pele e o nosso corpo, os olhos também envelhecem. Por isso com o passar dos anos é normal que o cristalino perca a sua nitidez e vá, aos poucos, se tornando opaco.

 

A catarata senil é uma doença de desenvolvimento lento, por isso é importante monitorar a sua evolução para que o tratamento seja aplicado no momento correto, sem prejudicar e comprometer a visão de forma permanente.

 

2 - O diabetes também pode causar catarata

 

O nosso corpo é uma máquina que tem o seu funcionamento todo interligado. As alterações e descontroles metabólicos também podem adoecer os nossos olhos. Um exemplo disso é o diabetes. O aumento das taxas de açúcar no sangue contribuem para a opacidade do cristalino.  Estima-se que pacientes diabéticos com menos de 40 anos têm 15 vezes mais chances de desenvolver catarata do que as pessoas da mesma idade que não sofrem da doença metabólica.

 

Além do controle da glicemia, o diabético precisa de um acompanhamento oftalmológico para evitar a catarata e outras doenças, como a retinopatia diabética.

 

CLIQUE NO LINK E LEIA TAMBÉM NOSSOS E-BOOKS:

 

 

3 - Traumas na região dos olhos também podem causar catarata

 

Acidentes, lesões e traumas próximos aos olhos e na cabeça podem causar a catarata. Por isso é muito importante buscar ajuda especializada após algum desses acontecimentos. O principal sinal de que algo pode estar errado é o embaçamento da visão.

 

4 - Recém nascidos também podem sofrer de catarata

 

A catarata congênita é classificada como toda e qualquer opacidade do cristalino no momento do nascimento. Ela precisa e deve ser tratada imediatamente já que é durante toda a infância que a visão tem o seu maior desenvolvimento.

 

A catarata congênita é a principal causa de cegueira em crianças e pode ser diagnosticada a partir do “teste do olhinho”, exame realizado nas primeiras 24h de vida do bebê.

 

Em todos esses casos o tratamento é feito através do procedimento cirúrgico. A intervenção é realizada a partir de uma pequena incisão na córnea, removendo o cristalino e substituindo-o por uma lente intraocular.

 

Aqui no blog da UPO você encontra no artigo 7 dúvidas sobre a cirurgia de catarata várias informações sobre o procedimento e ainda confere os 5 principais sintomas da catarata para ficar atento à saúde dos seus olhos. Porém, nada disso substitui o acompanhamento de um médico Oftalmologista.

 

 

 

 

Marque a sua consulta na UPO. São 8 unidades em São Paulo e no ABC Paulista para melhor te atender.

 

Visite o nosso site e encontre a clínica mais perto de você: www.upo.com.br

 

Estamos te esperando.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

E-book: Cirurgia Refrativa - O que é, quem pode fazer e como funciona

July 26, 2018

1/3
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo